Prefeito de Cuité decreta Situação de Emergência no Município devido Greve dos Caminhoneiros

Considerando o impacto e a gravidade dos efeitos decorrentes da paralisação nacional dos caminhoneiros iniciada em 21 de maio de 2018, com o desabastecimento de bens indispensáveis à manutenção de serviços públicos essenciais, como gasolina, gêneros alimentícios, gás, água e outros itens congêneres, o Prefeito do Município de Cuité, Charles Camaraense, decretou nesta segunda-feira, 28 de maio, situação de emergência no Município.

De acordo com o Decreto de Nº 1.772/2018 serão mantidos durantes a situação de emergência somente os serviços essenciais à população; saúde (serviços do Hospital nossa senhora das mercês, transporte de pacientes em situação de urgência e emergência, transporte de pacientes em tratamento de hemodiálise, Quimioterapia e Radioterapia, remoção e atendimento de pacientes através do SAMU 192, atendimento das Unidades de Básicas de Saúde da Família situadas na Zona Urbana, serviços dos Agentes de Combate às endemias e dos Agentes Comunitários de Saúde, distribuição de insumos, vacinas e medicamentos) e coleta de lixo.

Ainda de acordo com o Decreto as aulas da rede Municipal de Educação e os serviços de Creches serão suspensos a partir da próxima quarta-feira, (30) e serão retomados, tão logo, que cessar a situação de emergência advinda da falta de insumos para continuidades destas atividades como falta de merenda, água, combustível para o transporte escolar, e material de expediente.

Durante a vigência do decreto o expediente das repartições públicas da Prefeitura se dará de forma corrida, com período de duração das 08:00 às 14:00 horas, com exceção dos serviços do hospital nossa senhora das mercês, SAMU, Unidade de Básicas de Saúde da Zona Urbana, serviços de endemia e sérvios dos Agentes Comunitários de Saúde.

CONFIRA O DECRETO NA ÍNTEGRA CLICANDO AQUI.

Compartilhar