Campanha de vacinação contra gripe segue até a sexta-feira (31)

Até a próxima sexta-feira, dia 31, o público alvo da campanha de vacinação contra a influenza, deverá procurar as Unidades de Saúde de Cuité para sua imunização. As 9 Unidades de Saúde, incluindo as âncoras (em dia de atendimento), estão disponibilizando a vacina.

De acordo com Vanessa Bessa, Gerente da Atenção Básica, até a última quarta-feira (22), 84% do público alvo, no município, já havia recebido a vacina. Vanessa, que participou do Programa ‘Aqui tem Trabalho’, espaço institucional da Prefeitura de Cuité, na 89 FM, afirmou que “por mais que a gente alcance os 90%, a população deve continuar procurando a Unidade de Saúde. 90% é o que o Ministério da Saúde preconiza, mas a gente têm um público alvo maior do que a meta do Ministério”.

Com relação ao público alvo que possui alguma dificuldade de locomoção, que é o caso dos acamados ou domiciliados, as Unidades de Saúde possuem uma relação com as pessoas nessas condições, e então o enfermeiro, acompanhado do técnico em enfermagem e o Agente de Saúde da área do usuário, realizam a vacinação casa a casa.

“Enquanto a gente tiver a vacina contra a influenza disponível, enquanto a gente tiver quantidade em estoque nas Unidades de Saúde, a população alvo será vacinada”, acrescenta Vanessa Bessa, que ainda deu destaque ao alerta que há em regiões próximas, já que nos últimos dias vários casos de influenza foram confirmados, o último deles na última semana, em Natal/RN.

Os grupos prioritários da vacinação são idosos a partir de 60 anos; crianças de 6 meses a menores de 6 anos (5 anos, 11 meses e 29 dias); gestantes em qualquer fase gestacional; puérperas até 45 dias pós-parto; servidores da saúde; pessoas com doenças crônicas não transmissíveis; adolescentes de 12 a 21 anos em medida socioeducativa; população privada de liberdade; funcionários do sistema prisional; professores da rede pública e privada; e após decreto presidencial, também foram incluídos os bombeiros, policiais civis e militares, e as Forças Armadas.

Compartilhar