Cuité realiza quase 4 mil mamografias em menos de 2 anos

A Prefeitura de Cuité em parceria com a ONG ‘Mulheres de Peito’, Consórcio Intermunicipal de Saúde e o Centro de Diagnóstico Médico por Imagem (IMAGO), avançou ao longo dos últimos 18 meses com o trabalho de rastreamento, diagnóstico e encaminhamento de mulheres que estão expostas ao câncer de mama. Em menos de 2 anos quase 4 mil mamografias foram realizadas pelo Centro da Mulher, atendendo mulheres não somente de Cuité, mas também de outras cidades da região.

O Centro da Mulher, que nasceu da parceria já mencionada, é coordenado pela Secretaria de Saúde e Consórcio Intermunicipal de Saúde, contando com o apoio da IMAGO e ONG ‘Mulheres de Peito’, representada pela Médica Mastologista Drª Cristiane Santos, profissional que atua há vários anos na defesa pela saúde da mulher e no combate ao câncer de mama, tendo iniciado um trabalho em Cuité com a venda da ‘Boneca Maria’, que ajudou e ajuda no tratamento de muitas mulheres, e que foi ganhando cada vez mais força, adesão popular e se transformou num projeto grandioso que hoje é referência em toda Paraíba e até fora dela.

Para Adriana Selis, Secretária de Saúde de Cuité, esse trabalho se torna muito importante “por que vamos poder rastrear e identificar com mais rapidez a mulher que apresentar qualquer alteração no seu exame de mamografia”. Ainda de acordo com a Secretária, atualmente quando há um caso já comprovado, a paciente já é encaminhada imediatamente para o serviço de referência, abrindo a possibilidade de cura para a mulher diagnosticada com câncer.

As mulheres na faixa etária de 50 a 69 anos são assistidas de forma prioritária, pois estão nos indicadores pactuados para a saúde que o Ministério da Saúde exige de todos os municípios, o que não quer dizer que mulheres que estejam fora dessa faixa etária não possam ou não devam fazer o exame, estas terão acesso ao serviço em casos necessários.

Adriana Selis, além de apresentar o quantitativo de exames realizados pelo Centro da Mulher, exautar a parceria já citada, falar da importância de Drª Cristiane Santos em todo esse processo e da abrangência do trabalho que alcança o público alvo de forma regionalizada, também dá destaque ao fato de que “não é somente realizar a mamografia, mas ter o serviço funcionando com qualidade”, reforçando que o Centro da Mulher já recebeu várias visitas técnicas da Agência Estadual de Vigilância Sanitária (AGEVISA), e que em cada uma delas houve solicitações de ajustes e cobranças importantes para que o serviço tenha qualidade.

Em 2018, só com mulheres cuiteenses, o Centro da Mulher realizou 569 mamografias. De janeiro a outubro de 2019 já foram feitas 612. Levando em consideração a abrangência do serviço, em números totais foram realizadas 1.654 mamografias e 453 consultas com a profissional mastologista em 2018. De janeiro a outubro de 2019 já foram feitas 2.274 mamografias e 308 consultas, totalizando 3.928 mamografias e 761 consultas em menos de 2 anos. Para Adriana Selis, os números representam uma devolutiva positiva do trabalho que está sendo feito em prol das mulheres de Cuité e da região, acrescentando ainda que esse esforço é contínuo e não apenas no ‘Outubro Rosa’, quando se trabalha de forma mais intensificada a sensibilização da mulher para procurar o serviço de saúde.

Compartilhar