Prefeito e Secretário visitam obra do Centro de Convivência da Criança e do Adolescente

O Prefeito Charles Camaraense e o Secretário de Assistência Social Lindberg Lopes estiveram na manhã desta quarta-feira (10) realizando visita à obra de construção do Centro de Convivência da Criança e do Adolescente, que está sendo erguido no espaço da antiga Prefeitura de Cuité na Rua 25 de janeiro. O investimento ultrapassa 400 mil reais e é fruto do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (FMDCA), para o qual foi realizada uma campanha com o objetivo de sensibilizar a população para que ao declarar seu Imposto de Renda pudesse também declarar o interesse em fazer doação para o FMDCA.

Com espaços já cobertos e toda estrutura principal erguida, 50% da obra já foi alcançada e a expectativa é que seja concluída nos próximos 2 meses. “Essa é uma das maiores obras estruturantes da nossa gestão, garantindo uma atenção especial às nossas crianças e adolescentes, e mostrando nosso zelo pelo patrimônio público, logo todos sabem que em 20 anos nada foi feito para reerguer o antigo prédio da prefeitura e hoje estamos com esse projeto que, em breve, todos poderão contemplar sua grandiosidade”, disse o Prefeito Charles Camaraense em contato com a equipe de comunicação ao finalizar a visita.

Para o Secretário Lindberg Lopes, da Assistência Social, essa é “uma página triste que estamos virando para uma página alegre”, fazendo referência ao abandono de 20 anos do espaço da antiga prefeitura, e que só agora na gestão do Prefeito Charles Camaraense ganhou atenção e logo se tornará um lugar repleto de atividades e ações voltadas para crianças e adolescentes do município, além de valorizar e dar mais visibilidade a um lugar histórico por onde muitos passaram nos últimos anos e viam apenas uma antiga construção em ruínas.

Salas para oficinas e atividades diversas, refeitório e área de lazer, banheiros com acessibilidade e auditório, são alguns dos espaços que fazem parte do Centro de Convivência da Criança e do Adolescente, onde esse público estará em horários opostos às suas aulas para a prática de outras atividades que fortaleçam seu vínculo com a família e com a sociedade.

Compartilhar