Prefeitura de Cuité realiza teste em massa em trabalhadores do comércio e serviços essenciais

A Prefeitura de Cuité por meio da Secretaria de Saúde dá sequência às ações de enfrentamento a Covid-19 e iniciou nos últimos dias o teste em massa em trabalhadores do comércio e serviços essenciais do município. A ação faz parte do plano de combate à disseminação do vírus, fazendo busca ativa de pessoas que possam estar transmitindo, possibilitando um monitoramento, diagnóstico e tratamento precoce da doença.

“Como dissemos desde o início dessa batalha contra o vírus, Cuité sempre esteve dois passos à frente e é por isso que hoje estamos numa situação de controle, mas que não pode haver relaxamento. Precisamos manter todos os cuidados de prevenção e nos adaptarmos ao novo normal. Essa ação de testagem em massa nos dá um “raio X” da nossa situação e nos direciona para uma retomada gradativa de todos os serviços de forma responsável e segura”, disse Adriana Selis, Secretária de Saúde de Cuité.

A testagem foi realizada em funcionários das Secretarias de Cultura, Infraestrutura, Administração, Transportes e Saúde (incluindo Agentes de Combate a Endemias), em profissionais que atuam no SAMU, Hospital e Atenção Primária em Saúde, e mediante solicitação oficial ou necessidade também foram testados funcionários do Seridó Bar e Restaurante, Fórum, Promotoria, Primer (Clínica Odontológica), Espaço Saúde Josy Cavalcanti, Farmácia Simões e INSS, além de integrantes de igrejas que estão retomando suas atividades presenciais.

A ação de testagem terá continuidade, as inspeções da Vigilância Sanitária serão cada vez mais constantes nos espaços que estão retomando suas atividades, a distribuição de máscaras continuará sendo feita por equipes que também orientam as pessoas que estão em filas de correspondentes bancários, bancos ou pontos comerciais, e claro que a colaboração da população em manter os hábitos de higiene, o distanciamento social e o uso da máscara será fundamental para que o município de Cuité se mantenha com a queda de casos positivos e logo esteja adaptado de forma plena a viver o “novo normal”.

Compartilhar