Agricultores recebem raquetes de palma resistente para plantação em suas propriedades

Há poucas semanas uma equipe de Cuité esteve no município de Frei Martinho participando do “Dia de Campo”, um evento promovido pelo Instituto Nacional do Semiárido, o INSA, na ocasião apresentando um projeto de cultivo e manejo de palma resistente como uma das alternativas para convivência com o semiárido, sobretudo em períodos de estiagem prolongada, quando os agricultores sentem na pele o comprometimento da sua cadeia de produção, criação e sobrevivência.

Na mesma ocasião, quando foram ministradas palestras sobre temas relacionados e apresentadas experiências positivas, inclusive com o plantio de palma forrageira consorciada e irrigada com água residuária tratada, o município de Cuité foi contemplado com mais de seis mil raquetes de palma resistente, as quais foram distribuídas em recente evento promovido pela Prefeitura de Cuité por meio da Secretaria de Agricultura, Meio Ambiente e Abastecimento, que também contou com palestras ministradas por profissionais da área de agronomia, além da distribuição de mudas em parceria com a AFINK.

O objetivo principal dessa ação é incentivar os agricultores a plantarem essa espécie de palma que é resistente à Cochonilha do Carmim, uma praga que atacou a maior parte das plantações de palma do município. Há uma intenção, inclusive, de uma parceria com um agricultor residente no Sítio Salgadinho, o Cristiano Andrade, que em recente encontro com o prefeito Charles Camaraense, o secretário Adroilzo Fonseca e o diretor de departamento da Secretaria de Agricultura, Raedson Jones, colocou sua propriedade à disposição para o plantio de um campo de palma resistente, que teria todo apoio e suporte técnico da gestão, a fim de reproduzir e repassar parte da produção para os demais agricultores do município, isso e médio e longo prazo.

Compartilhar