Autor: ASCOM

Cuité adere ao ‘Agosto Dourado’ e intensifica ações nas Unidades de Saúde

A Prefeitura de Cuité, que por meio da Secretaria de Assistência Social vestiu a camisa do ‘Agosto Lilás’, que trata sobre o combate a violência contra a mulher, por meio da Secretaria de Saúde também aderiu ao ‘Agosto Dourado’, mês também dedicado a tratar sobre a importância do aleitamento materno, fundamental para o crescimento saudável […]

21/08/2019 12h47 Atualizado há 3 anos atrás

A Prefeitura de Cuité, que por meio da Secretaria de Assistência Social vestiu a camisa do ‘Agosto Lilás’, que trata sobre o combate a violência contra a mulher, por meio da Secretaria de Saúde também aderiu ao ‘Agosto Dourado’, mês também dedicado a tratar sobre a importância do aleitamento materno, fundamental para o crescimento saudável da criança, principalmente nos primeiros 6 meses.

Assim como temos outras campanhas identificadas por cores, como o ‘Outubro Rosa’ que trata sobre a saúde da mulher e o ‘Novembro Azul’ que trata da saúde do homem, o ‘Agosto Dourado’ nasce da ideia de que o ouro representa o padrão de qualidade do leite materno, levando em consideração a importância dele para a vida da criança e para a vida da mãe, afinal, a mulher que amamenta se protege até mesmo do câncer de mama e ovário.

De acordo com Cinthia Caroline, enfermeira da Unidade de Saúde da comunidade rural Retiro/Batentes, e que participou do programa ‘Aqui tem Trabalho’, da Prefeitura de Cuité na 89 FM, “esse é um processo que toda mulher tem, que é natural, e que é a melhor forma de alimentar, proteger e amar o seu bebê”. Segundo Cinthia, a importância da amamentação é algo abordado desde o pré-natal, e é reforçado com momentos como este em que se intensifica ainda mais o debate sobre o assunto.

Unidades de Saúde como a da comunidade rural Retiro/Batentes, Diomedes Lucas e Ezequias Venâncio (zona urbana), já realizaram suas ações dentro da temática do ‘Agosto Dourado’ com gestantes e mães de crianças de até 1 ano. Um dos assuntos abordados nas rodas de conversa com as gestantes é a melhor forma da “pega”, que se feita da forma correta pode influenciar diretamente na amamentação e produção de leite, bem como discute a importância do apoio familiar nesse processo de adaptação da nova mamãe com o seu bebê.

A programação segue nas demais Unidades de Saúde da cidade e do campo:

22/08 (quinta-feira)
Distrito do Melo – 08h30

23/08 (sexta-feira)
Abílio Chacon – 09h

27/08 (terça-feira)
Comunidade Catolé – 09h

28/08 (quarta-feira)
Raimunda Domingos – 14h


Ao continuar navegando no nosso portal, você concorda com a nossa Política de Privacidade. Para ter mais informações, acesse nossa página de Política de Privacidade

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support