Autor: ASCOM

Secretário de Cuité participa de evento de apresentação do projeto ‘Família Acolhedora’

O secretário da Assistência Social de Cuité, Dagmando Lopes, acompanhado de Emilene de Vasconcelos, coordenadora do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), participou, na última segunda-feira (26), em João Pessoa, do evento “Família que acolhe, parceria que dá certo”, promovido pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB) e pela Federação das Associações de Municípios […]

29/08/2019 19h32 Atualizado há 3 anos atrás

O secretário da Assistência Social de Cuité, Dagmando Lopes, acompanhado de Emilene de Vasconcelos, coordenadora do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), participou, na última segunda-feira (26), em João Pessoa, do evento “Família que acolhe, parceria que dá certo”, promovido pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB) e pela Federação das Associações de Municípios da Paraíba (FAMUP).

O ‘Família acolhedora’ é um serviço de acolhimento da Proteção Social Especial de Alta Complexidade voltado para crianças e adolescentes, afastados da família por medida de proteção. Essas são acolhidas em residências de famílias acolhedoras, previamente cadastradas, que as recebem em suas casas e cuidam delas enquanto não há o retorno para suas famílias de origem. O evento realizado reuniu os gestores dos municípios que já criaram por lei o serviço de ‘Família Acolhedora’, como é o caso de Cuité (Lei nº 1.229, de 08 de abril de 2019), para um momento de reflexão e formação sobre a fase de implementação do serviço.

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano, capacitará os gestores e técnicos dos 223 municípios sobre a temática através do Programa Nacional de Capacitação do Sistema Único de Assistência Social (CapacitaSUAS). Este é um momento importante para que os gestores da assistência e os prefeitos discutam a política de Assistência Social da Paraíba, bem como sensibilizar a sociedade para que também perceba seus papel na história, na vida e no desenvolvimento das crianças e adolescentes.

De acordo com Dagmando Lopes, “dos 223 municípios da Paraíba apenas 22 já tem a lei existente. Temos a felicidade de Cuité já ter essa lei sancionada pelo prefeito Charles Camaraense, e agora vamos para a parte de sensibilizar a sociedade para que seja uma família acolhedora”. Dagmando Lopes também lembra do quanto é difícil para uma criança ou adolescente quando tem seus direitos violados dentro do seu próprio lar, e esse projeto visa exatamente garantir dignidade para que essa criança ou adolescente volte a ser acolhido como ser humano em uma família.


Ao continuar navegando no nosso portal, você concorda com a nossa Política de Privacidade. Para ter mais informações, acesse nossa página de Política de Privacidade

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support